Mariana Marote

 

2011

Quimigrama, química de revelação e água, gelatina e prata, papel baritado.

Chemigram, developing chemicals and water, silver gelatin on baryta paper.

prova única | unique

30,5 x 40,6 (cada) |  30,5 x 40,6 cm (each)

 

série de 5 trabalhos | series of 5 works

Mostras /exhibitions

Memória descritiva

Dando continuidade ao conselho alquímico para a conversão dos elementos, fac fixum volatile, fac volatile fixum, ou "faça-se fixo o volátil, faça-se volátil o fixo", esta série desenvolve-se em torno de processos de dissolução e de cristalização de substâncias usadas em laboratório fotoquímico.

 

Nas substâncias exploradas incluem-se fórmulas ecológicas preparadas manualmente, e outras habitualmente comercializadas. Contudo, a investigação debruça-se principalmente sobre reagentes puros que fazem parte de fórmulas da fotografia.

As fórmulas concentradas encontram-se já em estado líquido. Os reagentes, na sua maioria em forma de pó ou granulado, são diluídos em água destilada em diferentes concentrações, aumentando assim a volatilidade destes componentes.

 

Uma gota de cada solução é colocada sobre uma lâmina de vidro. Estas preparações são então submetidas a processos de desidratação que vêm revelar estruturas características do modo de cristalização de cada solução. Se a água actua como elemento inaugurador da volatização, é pela acção do fogo que as transformações mais evidentes ocorrem e que, por fim, se solidificam parcialmente. As soluções não atingem uma estabilidade durável, perpetuando-se uma dualidade entre volátil e fixo.

 

Esse estado de ambiguidade é registado através da ampliação em laboratório, revelando em pormenor as propriedades de organização e de opacidade adquiridas pelas substâncias. Os limites circulares imperfeitos das complexas gotas isolam-nas do fundo, reforçando a ideia das metamorfoses concentradas dentro desses limites.

© Mariana Marote. 2018.

Created by Mariana Marote