Mariana Marote

Árvores de referência | Reference trees

Fraxinus angustifolia Vahl. [freixo-de-folhas-estreitas | narrow-leafed ash]

Malus sylvestris (L.) Mill. [macieira-brava | European crab apple]

Myrtus communis L. [murta comum | common myrtle]

Nerium oleander L. [loendro | oleander]

Populus nigra L. [choupo negro | black poplar]

 

2012-2013

Instalação; fotograma solar em cianótipo e anthotype, desenho a caneta; costura, linha de algodão; picotagem

e destacamento de papel; ramo de árvore; alumínio, parafusos, cabo de aço.

Installation; solar photogram, cyanotype and anthotype; pen drawing; hand sewing, cotton thread; stamping

and detachment of paper; branch of tree, aluminium, screws, steel rope.

prova única | unique

dimensões variadas | variable dimensions

 

série de 5 trabalhos | series of 5 works

Mostras /exhibitions

Memória descritiva

Cada árvore desperta pensamentos e interpretações únicas acerca da energia fundamental da natureza. Cada árvore desperta um tipo de entendimento específico acerca das suas formas, das suas dinâmicas e do seu desenvolvimento autónomo.

 

A técnica do cianótipo possibilita captar, na forma de fotogramas, vestígios do movimento natural das árvores. Um processo fotográfico que ao mesmo tempo permite um contacto directo com os referentes e com todas as instâncias de formação da imagem.

 

Como prolongamento da proximidade com as árvores, a intervenção manual sobre o registo fotográfico final assume-se como um processo mais controlado e refletido sobre as dinâmicas desses encontros com os organismos naturais. Todo o desenvolvimento até ao objeto final envolve gestos complexos e até contraditórios. Se no momento de registo fotográfico o corpo abre-se para as árvores, na intervenção manual o corpo fecha-se sobre si próprio, absorvido numa obsessão de recuperar as formas efémeras e as sombras inquietas, e de desprendê-las do papel emulsionado que as fixou.

 

A ênfase é dada, não só ao movimento daquilo que é vivo, mas também ao movimento do ramo aparentemente morto quando separado da sua árvore-mãe, o qual perpetua a sua metamorfose. Todas instâncias do ciclo das árvores fazem sonhar.

 

Os suportes circulares usados para suspender os objetos finais são abertos em arco. Assim como as árvores, com a sua redondeza abrangente, não têm limites completamente definidos. Assim como o entendimento de cada árvore que se encontra susceptível de progredir.

© Mariana Marote. 2018.

Created by Mariana Marote